Canela x Glicose

Canela x Glicose


O consumo regular de canela pode promover o metabolismo saudável da glicose. Um estudo realizado no Departamento de Beltsville Human Nutrition Research Center verificaram que a canela melhora a intolerância à glicose e diabetes. A canela regula a expressão de genes envolvidos na ativação de receptores de insulina na membrana celular, aumentando assim a absorção de glicose e diminuição dos níveis de glicose no sangue.

Devido à incidência de aumento em até quatro vezes de doença cardiovascular em diabéticos tipo II, os pesquisadores tem procurado nutrientes que podem simultaneamente, aumentar o metabolismo de glicose e os níveis de lipídeos. Num estudo publicado no Diabetes Care, a canela provou ser um agente com esta dupla ação. Sessenta adultos (30 homens e 30 mulheres) com diabetes tipo II foram divididos em seis grupos. Três grupos consumiram um, três e seis gramas de canela, e outros três grupos doses equivalentes de placebo. Após o período de inicial de 40 dias, todos os três níveis de canela reduziu níveis séricos (jejum) de glicose entre 18 à 29%. A dose de um grama reduziu os níveis de triglicérides em 18%, colesterol LDL em 7%, e o colesterol total em 12%. As doses mais altas de canela as reduções foram ainda maiores de triglicerídeos, LDL e colesterol total.

Canela demonstra ser um dos mais poderosos nutrientes disponíveis para melhorar o metabolismo da glicose. Pesquisadores da USDA no centro de Beltsville estudaram 49 ervas, especiarias e extratos de plantas medicinais quanto ao efeito na glicose nas células. Eles descobriram que a canela era o produto mais bioativo, seguido de hamamélis, chás verde e preto, e pimenta da Jamaica. Segundo esses pesquisadores a canela tem ação de potencializar a atividade da insulina em mais de três vezes.

Procure seu nutricionista para saber a quantidade e forma ideal de inseri-la no seu dia.